Lá na década de 80, Darcy Ribeiro, disse que a crise na educação brasileira não era uma crise e sim um projeto. Hoje, 40 anos depois, a gente consegue ter cada vez mais certeza de que isso  é um fato concreto. E o professor tem um papel fundamental no combate a todo esse canibalismo ideológico que precariza a escola e a desfalca cada vez mais.

Não existe herói maior nesse país do que os sujeitos que se propõe a contrariar o destino traçado para aqueles que dependem da educação para vislumbrarem um futuro melhor, os heróis dos mitos eram sempre conhecidos por desafiarem os deuses e seu próprio destino.

E já que estamos falando de antigamente, eu acho que podemos pensar na etmologia das palavras, pq ela nos ajuda a entender muito do sentido real que às vezes se perde no meio do caminho. Então, minha reflexão do dia do professor hoje começa buscando a raiz de algumas palavras que atravessam o cotidiano educacional.

Vamos começar com Professor, que vem  do latim Professus, pessoas que declara em público ou aquele que afirma publicamente. Deriva do verbo Profitare que era usada por pessoas que se declaravam aptas a exercer alguma função, nesse caso ensinar.

Aluno, do latim alumnus, ‘criança de peito, lactente, menino, aluno, discípulo. E educação vem do latim, educare/educatio onis, e pode ser entendida como guiar para fora ou nutrir cultivar.

Já a palavra herói vem do grego e do latim heros/herós e entre seus significados encontramos  Homem que suporta exemplarmente um destino incomum, como, p ex, um extremo infortúnio ou sofrimento, ou que arrisca sua vida abnegadamente pelo seu dever ou pelo próximo.  Personagem preeminente ou central que, por sua parte admirável em uma ação ou evento notável, é considerada um modelo de nobreza.

E depois desse rolê etmologico a gente pode juntar esses significados antigos pra finalmente chegar onde eu quero chegar com isso que estou aqui escrevendo.

Vivemos um momento conturbado na educação, talvez mais do que qualquer outro que já tenhamos vivido. A escola e a educação no geral se tornam cada vez mais inimigas desse momento obscurantista. E aí, que o professor se torna o herói a cada dia que se levanta e pisa no ambiente escolar. Ele precisa enfrentar todos os infortúnios para guiar os alunos nesse processo de ensino aprendizagem.

Nutrimos e amamentamos essa almas com saber e esperanças! Não existe responsabilidade maior do que a nossa!

Pegando uma fala da Nise da silveira que vem nos dizer que “as regras, princípios e métodos ficarão subordinados ao objetivo único de permitir a manifestação da individualidade específica da criança” .O papel do professor e educador é o de iluminar o caminho buscando entender seu aluno, para que, não seja apenas um transmissor de conhecimento, e sim uma pessoa que tenha capacidade de influenciar as crianças para desenvolverem sua personalidade.

Pensando assim, a gente vê que desde sempre a figura do professor ou educador está presente, desde as tias da primeira infância até os professores da graduação,todas essas figuras dividem uma missão a de tornar vc que tem contato com elas um sujeito melhor.Pode não parecer, e embora muitas vezes o sistema educacional aprisione e cerceie a liberdade individual em alguns aspectos,na realidade o papel da educação é libertar os sujeitos, como já diria Paulo Freire. 

Existem muitas críticas a serem feitas a maneira como a educação é exercida desde a base até o ensino superior,e acho que podemos e devemos sempre nos questionar que tipo de educação nós estamos vivenciando,porém só iremos perceber isso através da própria educação.

O Professor, tanto quanto o aluno, às vezes enfrenta a frustração de um sistema educacional deficitário e isso por vezes diminui seu brilho nos olhos e paixão por ensinar, porém é perante  a dificuldade que se triunfam os heróis, e assim essa figura se torna fundamental e necessária para uma construção de sociedade nas qual os sujeitos sejam livres. Piaget dizia que “a principal meta da educação é criar homens que sejam capazes de fazer coisas novas, não simplesmente repetir o que outras gerações já fizeram. Homens que sejam criadores, inventores, descobridores. A segunda meta da educação é formar mentes que estejam em condições de criticar, verificar e não aceitar tudo que a elas se propõe.”

E por isso todos aqueles que escolhem esse caminho de mestres, que se dedicam a iluminar e amamentar seus alunos com o seu conhecimento merecem não só o meu,mas o respeito e admiração de todos nós.Eles são a luz quando saímos da caverna platônica e dividem não só conhecimento,intelectual mas sabedoria que é a prática da vida.

O professor é sempre um modelo de conduta para os alunos, e isso é algo que não podemos nunca esquecer. Somos heróis para aqueles alunos que ali estão conosco e muitas vezes somos um pequeno ponto de esperança e refúgio no meio de todas as situações complicadas que eles vivem.! Todas as relações humanas são relações de aprendizagem, mas o professor se põe a frente de assumir a responsabilidade de mediar o aprender! E por isso, ao assumirmos a responsabilidade de auxiliar outros a enxergarem pra além ! 

Tem muita gente que não tem vocação para a profissão, já ouvi inclusive que o problema da educação no Brasil é do acesso aos pobres que estragaram a escola, tem muita gente dentro da escola que não deveria estar lá e que me faz questionar o pq diabos o faz…

Mas a escola talvez de todas as instituições seja a mais resiliente, pois entre todos os percalços e todos os entraves, entre todas as dificuldades e todas as imperfeições ela triunfa dentro das possibilidades que tem! A educação no geral no Brasil ainda é uma merda, mas muito disso é responsabilidade de todos nós que estamos dentro da sala de aula! A gente tem que se questionar se realmente acredita no que está fazendo como algo que transforma vidas ou se tá ali só pelo dinheiro ou só pela posição, e se caso for talvez fosse mais digno ir fazer outra coisa da vida…

A profissão já tem todas as suas dificuldades, já tem toda a carga de estresse e complicações…muitos desistem e perdem a fé na educação ao longo do caminho mas a escola permanecerá resiliente…tem gente que não nasceu pra ensinar, tem títulos e títulos mas não sabe ensinar… pq ensinar é algo que vem da alma…a esses sujeitos no dia de hoje eu não desejo nada, talvez sinta até um pouco de pena…

Agora pra todos que ainda tem alguma paixão, e que são os verdadeiros heróis desse país, que  acreditam que a educação transforma vidas, vcs tem meus parabéns em todos os dias do ano e espero que sigamos firmes independente dos percalços! Que o projeto de desmonte não se enraíze e tenho certeza que enquanto contarmos com heróis como vocês a educação resistira e a escola ira sobreviver! 

A todos os meus mestres que deixaram parte deles comigo muito obrigado, e a todos os meus alunos sejam na escola, grupo de estudos, universidade ou qualquer outro espaço de encontro, sempre me fazem refletir sobre minha prática diariamente meu muito obrigado tbm, pois aprendemos todos juntos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: