Hermes – Núcleo de Estudos Junguianos

O Hermes é um núcleo de estudos em Psicologia Analítica que possui dois pólos.
È uma iniciativa minha e da psicologa Indianara Pereira de Melo que usamos nossa insatisfação em não ver Jung tendo o devido espaço para unirmos nossas iniciativas sob uma única égide.

Porque usamos o nome Hermes?

Um dos caráteres fundamentais do deus Hermes é o movimento e a mudança. Ele é capaz de transitar entre os mundos, é tido como o mensageiro dos deuses.

Por ser também uma divindade associada a caminhos e estradas, faz se interessante pensar a sua associação coma função do psicologo pois se somarmos o caráter de hermes em transitar entre o divino e o humano, consciência e inconsciente,e com o seu papel enquanto arauto podemos perceber o quanto essa imagem arquetípica apadrinha a atuação do profissional de psicologia é ele um deus de fala e capaz de guiar as almas e se preciso for é capaz de adentrar o submundo.

Hermes é um deus de mistério e magia, quando associado a Toth, a sua representação três vezes grande, o Trimegisto grande detentor de segredos alquímicos e vale ressaltar a associação que se faz entre a psicoterapia junguiana e a alquimia simbólica. Hermes é astuto e sagaz, não conhecendo fronteiras e por isso é um perfeito a se pensar no processo de trabalho do inconsciente.

Segundo Murray Stein, analista junguiano Hermes é o deus das passagens significativas, no sentido simbólico das mudanças psicológicas. Guiamos as almas pelo caminho do inconsciente, e pretendemos aqui desmistificar e trazer a tona o que Jung e os pós junguianos produziram de uma maneira simples, acessível e subvertendo, com astucia de hermes, a elitização na qual ela se encontra,e assim como a palavra hermeneutica, que deriva de seu nome,esclarecermos e anunciarmos a Psicologia analítica.

“Ele é o deus do inesperado, da sorte, das coincidências e da sincronicidade. “Hermes está entre nós”, diziam os antigos gregos quando um silêncio súbito caia na sala, envolvia a conversa, acrescentava outra dimensão a reunião. Sempre que as coisas pareciam fixas, rígidas, “empacadas”, Hermes introduzia a fluidez, o movimento, novos come~os a confusão que quase inevitavelmente precede novos inicios.”

Arianna Stassinopoulos, The gods of greece

Qual a nossa missão?

Divulgar a psicologia analítica de maneira ética e adequada e tornando-a cada vez mais acessível e menos elitizada

O que temos no Hermes?

No Hermes nós proporcionamos algumas ações, como Grupo de Estudos, Clube de Leitura e Cursos sobre Psicologia analítica apresentados de forma responsável e congruente com o que propõe a teoria. Nosso intuito é tornar essa linha da Psicologia cada vez mais acessível !

Psicólogos Coordenadores:

Núcleo Salvador/BA- Psicóloga Indianara Pereira de Melo
Núcleo Petrópolis/RJ- Psicólogo Jordan Vieira

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s